Ladainhas Maiores – 25 de Abril

Ladainhas Maiores (25 de Abril): No século V, a Santa Igreja instituiu uma procissão para substituir a procissão pagã (robigalia) que se fazia no dia 25 de Abril para pedir a proteção para os frutos e as searas contra a ferrugem. Nesta época, este dia ainda não tinha sido escolhido para a festa de São Marcos, por isso, estas Ladainhas não têm nenhuma ligação com a festa do referido santo.

No fim do século VIII, sob o pontificado de S. Leão III, Roma também adotou as Rogações, e como já havia uma procissão no dia de S. Marcos, esta ficou sendo chamada Ladainhas Maiores, e as Rogações, Ladainhas Menores. Porém, a igreja de Roma não quis introduzir três dias de observâncias quaresmais durante o tempo pascal: por isso não prescreveu jejum para estes dias, limitando-se só a prescrever a abstinência. Porém, com o passar do tempo, desapareceu a abstinência nestes dias.

O canto das ladainhas dos Santos levou a dar, a estes dias de preces públicas, a designação de dias de rogações; mas, porque em Roma existia já uma procissão semelhante, no dia 25 de Abril, as Rogações começaram a denominar-se Ladainhas menores, e a procissão de 25 de Abril, Ladainhas maiores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.